O que é No e Low Poo?

Hoje vamos falar de uma técnica, ou rotina que muitas meninas seguem e tem sido muito falada ultimamente..
Demorei para falar sobre esse assunto no blog, porque é um assunto um pouco complicado e "difícil" pelo menos para mim, então tive que pesquisar, buscar algumas informações para trazer aqui para vocês..
Já adianto que estas informações foram extraídas de vários outros blogs, então no final deixarei as fontes para vocês..
Então vamos lá!!

Quem nunca teve a sensação de que aquele shampoo lavou demais os fios? O aspecto áspero, duro e seco? Tudo isso é resultado do Lauryl Sulfate, Sodium Laureth Sulfate e outras substâncias de caráter ultra-limpantes presentes em muitos shampoos comuns do mercado. 

Estas substâncias são responsáveis pela grande quantidade de espuma, que lavam muito mais que apenas a sujeira: elas acabam removendo lipídios naturais do cabelo e do couro cabeludo, responsáveis não só pela sedosidade, como também pela proteção capilar.
Com toda essa "agressão", muitas mulheres recorrem a essas duas técnicas: a rotina no poo e low poo, que explicaremos logo abaixo..





No Poo e Low Poo

O no poo "original" surgiu baseado no fato que algumas pessoas, não queriam utilizar qualquer tipo de cosmético para o cuidado com os cabelos. Elas questionavam se as composições destes produtos eram realmente boas e seguras para uso. Com isso, essas pessoas começaram a usar outros meios para lavar os cabelos, como a água morna, o bicarbonato de sódio e vinagre de maça. E para condicionar, aderiram ao uso dos óleos naturais e até mesmo o vinagre de maça, só que em menor quantidade e diluído em água.

Mas a técnica No poo e Low poo que conhecemos hoje foi popularizada pela cabeleireira britânica Lorraine Massey, em seu livro Curly Girl (Garota Cacheada) onde ela desenvolveu o The curly girl method (O método da garota cacheada). 

Neste método a cabeleireira falava de alguns tipos de produtos e técnicas que não deveriam ser usados em cabelos cacheados, já que eles tem a tendência de serem naturalmente mais ressecados, e essas técnicas ou produtos evitariam que os cabelos viessem a ficar ainda mais ressecados. 

Algumas das técnicas que a autora defendia:

  • não usar qualquer fonte de calor que danifiquem o cabelo (chapinha, babyliss, secador etc).  
  • não usar pentes para desembaraçar os cabelos (segundo ela, você pentear com os dedos faz com que você sinta o nó, e assim quebre menos o cabelo)
  • fronhas de cetim no travesseiro (fronhas de algodão absorvem toda a hidratação do seu cabelo)
e não utilizar shampoos e condicionadores com sulfato e silicones.. ou seja a utilização de pouco shampoo (low poo), ou abolir o uso completo de shampoos (no poo).

 Na rotina No Poo, você não utiliza nenhum tipo de sulfato, silicones insolúveis em água, parafina, óleos minerais, petrolatos etc..

Porque não usar silicones insolúveis? A silicone atua como um revestimento, criando uma capinha em volta do seu fio. Ela tem suas vantagens e desvantagens: se seu cabelo estiver bem hidratado, ela vai proteger e segurar essa hidratação por mais tempo, mas essas silicones também podem vir a acumular no cabelo, e assim irá impedir que seu cabelo receba os demais tratamentos, ou seja que a hidratação penetre no fio.
Com isso os adeptos do No Poo defendem que as silicones não traz nenhum beneficio para o cabelo ao longo prazo, além de fazer uma "maquiagem" que faz com que seu cabelo pareça estar hidratado, pareça estar tratado, quando na verdade, as silicones, não estão tratando, não estão hidratando, ou seja não está tendo beneficio algum para o seu cabelo.

Lista de Silicones Insolúveis: Trimethylsilylamodimethicone, Amodimethicone, Cyclopentasiloxane, Cyclomethicone, Dimethicone, Cetyl Dimethicone, Cetearyl Methicone, Dimethiconol, Stearyl Dimethicone, Phenyl Trimethicone, Simethicone, Polydimethylsiloxane, Methicone, Dimethylpolysiloxane.

Porque não usar óleo mineral? Da mesma forma é o óleo mineral, vai agir como uma "maquiagem" para o seu cabelo, e assim impedir que ele receba outros tipos de tratamento.

Lista de Óleos Minerais: Petrolatum/petrolato, Mineral Oil/óleo mineral, Parafinum Liquid/parafina líquida, Vaselina, isoparafina e isododecane.  

Porque evitar o sulfato? O sulfato é um detergente muito forte que tem a função de limpar profundamente o seu cabelo (como já citado no início do post). Ele abre a cuticula do fio, e tira toda sujeira do seu cabelo, porém ele apenas não tira a sujeira, por ser muito agressivo ele tira também todo tratamento que você tenha feito no seu cabelo, com isso toda hidratação, toda oleosidade natural vão embora.

Lembrando que: abolindo o sulfato de sua rotina, deve-se abolir também os silicones insolúveis, a parafina líquida, petrolatos e os parabenos. (Esses encontrados em condicionadores, máscaras e cremes para pentear.)

Lista de Sulfatos Fortes: Sodium Laureth Sulfate, Sodium Myreth Sulfate, Sodium Lauryl Sulfate, Ammonium Lauryl Sulfate, Ammonium Laureth Sulfate, Sodium C14-16 Olefin Sulfonate, TEA Lauryl Sulfate, TEA-dodecylbenzenesulfonate, Sodium Alkylbenzene Sulfonate, Ammonium or Sodium Xylenesulfonate.


Ta bom, mas se eu for seguir essa rotina lavo os cabelos com o que?
Aí entra a técnica que chamamos de "co-wash".
Ou seja, lavar os cabelos com condicionadores apropriados para essa técnica, ou seja que contenham agentes "limpantes" na composição, como por exemplo o "anfótero betaínico'' também conhecido como: coco betaine, cocoamidopropil betaina, cocoamydopropyl betaine, fiquem atentas (os) nas composições.


O que é low poo?
Low poo significa pouco shampoo.

No low poo, você pode usar sulfatos mais leves e as silicones solúveis, mas não utilize, nenhum óleo mineral, parafina ou petrolatos.. (Lembrando que se você utiliza-los, terá que usar um sulfato forte para remover esses componentes)

Lista de Sulfatos Fracos/Leves: Sodium Cocyl Isethionate, Sodium Lauryl Sulfoacetate, Sodium Socoyl (or lauryl/lauroyl) Sarcosinate, Ethyl PEG-15 Cocamine Sulfate, Dioctyl Sodium Sulfosuccinate, Sodium Lauryl Glucose Carboxylate, Methyl Cocoyl or Lauryl Taurate, Sodium Cocoyl Glycinate.

Lista de Silicones Solúveis: Ciclometicone, Dimeticone, Dimeticonol, Feniltrimeticona, Dimeticone Copolyol ou PEG-Dimeticone, Amodimeticone 

Se seu shampoo, máscara, condicionador tiverem qualquer desses componentes, poderão ser usados na rotina Low Poo. 
Assim como se você for seguir a rotina No pow deve-se evitar os componentes citados ao longo da matéria. 

Aqui vão alguns componentes, que se você encontrar na composição, serão ótimos para o seu cabelo:
Behentrimonium (cloride ou methosulfate)
Panthenol
Aqua
Gliceryn
Steramidopropyl
Dimethylamine 

Bom, acho que deu pra ficar claro não é?  Espero que sim..

Espero que tenham gostado.
Fiquem com Deus..
Um big beijo na bochecha 



Fontes: 
www.tempode-beleza.blogspot.com.br 
www.mariiimorena.com