Decidindo assumir!!

Olá pessoas lindaas.. 

Hoje vim contar como e porque tomei a decisão de assumir meus cachos..
Como disse em outra edição, meu cabelo.. com todo processo de química e chapinha estava ficando muito quebradiço, não crescia mais (exatamente porque no comprimento ele se quebrava), e eu já estava ficando maluca com tudo isso.. eu queria na verdade era abandonar a "bendita" chapinha.. Eu fui fazer uma pesquisa sobre selagem, e estava decidida a fazer "mais uma química" quando encontrei um vídeo no youtube de uma "menina cacheada" que dava dicas para cabelos cacheados, falava sobre a transição, e entre outras coisas para cabelos no canal dela.. pronto.. lá estava eu procurando vídeos e mais vídeos.. pesquisei muito e comecei a me encantar com as histórias dessas meninas, guerreiras e poderosas.. 
Foi aqui que pareeei.. 
Epaaa.. peraí.. porque não? 
Porque não deixar meu cabelo natural? 

Olhei para minha filha.. com aquelas "molinhas" aqueles "toins tóins" lindos e logo me decidi.. ficar igual ela.. com os cabelos naturalmente lindos!!



E assim aconteceu.. Desde que assumi meus cachos não tenho dúvidas de que estou na melhor fase de aceitação e amor pelo meu cabelo. 
Aceitação? 
Siiim.. aceitação porque estou aprendendo a cuidar e a lidar com um cabelo cacheado e tive que "aceitar" isto antes de iniciar minha transição, já que não poderia ter nascido com o cabelo liso. 

Acontece que nós que temos cabelos crespos/cacheados e, principalmente, nós que estamos  enfrentado (ou já enfrentaram) uma transição, sabemos quantos  são os olhares de desaprovação, as opiniões desestimuladoras como: 
"Você combina mais com cabelo liso"
"Por que seu cabelo está assim?"
"Por que você não alisa?" 
Enfim, esses são alguns dos desafios 
que enfrentamos para manter o nosso cabelo natural..

Com o passar dos meses, 
esta aceitação se uniu ao amor que tenho por meus cachinhos. 
Mas como assim, amar o cabelo? 
Sim, Eu amo esse cabelo que o Papai do céu me deu!!



Mesmo passando por todas estas situações, o amor pelo meu cabelo aumentou quando descobri várias pessoas passando pelo mesmo processo que eu, são muitos os grupos, as comunidades nas redes sociais de meninas que estão deixando a “Ditadura do Liso” imposta pela sociedade, e assumindo suas identidades onduladas/crespas/cacheadas.. 
Estão se aceitando e assumindo o cabelo tão lindo que Deus deu a cada uma delas.

Hoje em dia tenho orgulho de dizer que eu aceito e AMO meus cachinhos. Eles falam muito sobre mim, sobre minha personalidade, minha genética, minhas raízes... E através deles posso ajudar de alguma forma quem está passando pelo mesmo processo que eu estou.. O da transição capilar..